Página Inicial     
Fale Conosco     
Quem Somos     

Vantagens dos indicadores na sua empresa

Vantagens dos indicadores na sua empresa

Desenvolvê-los é importante para a organização e para o autoconhecimento da equipe

"Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia".

W. E. Deming.

Quando se lê na mídia que o Brasil deve crescer de 4% a 5% no ano, a maioria das pessoas tem uma boa ideia do seu significado: trata-se de um número que demonstra quanto o PIB (Produto Interno Bruto) do país será maior, em relação ao ano anterior. Este número é chamado de “indicador” e tem o poder de traduzir o desempenho geral da economia brasileira.

Com ele, pode-se comparar o desempenho do Brasil com outros países, servindo também de base para avaliação dos governos, do dinamismo da economia e demais aspectos. Os indicadores estão presentes no cotidiano de cada pessoa, e com bastante frequência. Dirigindo um carro, por exemplo, é no indicador velocímetro que se presta atenção para não receber multa por excesso de velocidade.

Outro exemplo de indicador é o termômetro, que usamos para medir do estado febril de uma pessoa. E na sua empresa, quais são os indicadores utilizados para acompanhar seu desempenho? Como sabemos qual a velocidade em que ela está se movendo? Ou se a empresa está com febre? Ela está aumentando ou diminuindo? Assim como tais indicadores são utilizados no dia-a-dia, automaticamente, o mesmo ocorre com relação à empresa.

Pode-se visualizar a empresa e saber da sua situação ou do seu estágio rapidamente ao escolher os indicadores adequados. Porém, como iniciar a prática do uso de indicadores? É como fazer exercícios físicos em uma academia: ganhamos músculos, resistência e agilidade à medida da prática.

Alguns indicadores mais simples já são normalmente utilizados e lembrados pelos empresários, tais como receitas totais, líquidas e despesas, ou mesmo impostos pagos. O desafio é o desenvolvimento de indicadores que revelem rapidamente outras situações pelas quais a empresa passa, sendo de interesse não somente do gestor, mas para o autoconhecimento da equipe.

Quaisquer indicadores mencionados nesse texto se tornarão mais significativos se forem frutos do planejamento estratégico de sua empresa.

Características de um bom indicador

Para que o indicador seja eficiente ele precisa ser representativo da situação que se quer medir, simples de ser entendido, fácil de ser calculado e disponível a tempo (antes que a situação mude).

De maneira geral, podem-se agrupar os diversos tipos de indicadores em:

• Indicadores Estratégicos: informa o "quanto" a organização encontra-se na direção correta de sua visão. Ex.: diversificação de fontes de receita.

• Indicadores Financeiros: informam a situação financeira da empresa. Ex.: lucro líquido mensal.

• Indicadores de Recursos Humanos: demonstra o esforço da empresa em reter seus talentos. Ex.: quantidade de horas de treinamento por colaborador por ano.

• Indicadores de Marketing: permitem saber a posição comparativa da empresa no mercado. Ex.: satisfação dos clientes por produto.

• Indicadores de Produtividade/eficiência: medem a proporção de recursos consumidos nas saídas dos processos. Ex.: produção média por colaborador.

• Indicadores de Qualidade/eficácia: focam as medidas de satisfação dos clientes e as características do produto/serviço. Ex.: quantidade de produtos fora da especificação.

Rua Joel Jorge de Melo, 608
Fone (11) 5584-8489 | CEP 04128-081 | São Paulo - SP | Desenvolvido por: Tbr Web