Página Inicial     
Fale Conosco     
Quem Somos     

Vida corporativa | Harmonizada com projeto de vida pessoal

Quanto maior a afinidade entre o indivíduo e a profissão que ele escolhe, maiores as chances de êxito em sua carreira. Porque o desenvolvimento profissional está em sintonia com a realização de seu projeto pessoal de vida. A mesma lógica embasa a escolha da empresa em que se pretende trabalhar. Fica difícil alguém se sentir feliz em um ambiente que o desequilibre emocionalmente.

Claro que o processo de harmonização entre vida privada e vida profissional não é simples. As barreiras são muitas e não podem ser removidas apenas por uma pessoa. É um exercício coletivo que exige mudanças culturais da sociedade e da visão predominante nos ambientes corporativos.

Em primeiro lugar, empresários e colaboradores precisam superar a velha concepção de que a vida privada é incompatível com a vida corporativa, como se as pessoas tivessem a tendência natural de viver em dois mundos separados: o do trabalho e o da família, tendo a felicidade e o estímulo como aliadas apenas no espaço doméstico.

Por isso, o grande desafio das escolas é formar profissionais que sintam prazer em suas carreiras e gostem de superar limites. O profissional que encontra sentido na carreira e se sente realizado pela posição que ocupa na empresa é mais criativo, se compromete mais e se apaixona pelo que faz.

Ou seja, enquanto o indivíduo precisa estar disposto a encontrar sentido em sua atividade profissional, para fazer aflorar suas qualidades e competências, o empresário precisa se empenhar para que o ambiente de trabalho não se torne, aos seus colaboradores, inadequado ao relacionamento social e fraternal, com o risco de bloquear o desempenho coletivo.

A falta de visão sobre o estágio que uma corporação pode alcançar ao refinar o relacionamento humano interno em prol do desempenho coletivo leva ao desperdício de talentos. Os empresários precisam saber que os novos profissionais, cientes de suas competências, têm muitas expectativas em relação ao que desenvolvem e querem ser respeitados pelas suas ideias. Não é só o salário que os move, mas também as condições da empresa para que eles possam mostrar seus valores e avançar.

Tanto é que as pessoas que se sentem realizadas profissionalmente são as mais propensas a se mudar de empresa ao perceber que o ambiente de trabalho não está lhes agradando. São aquelas que perceberam a força da vida como sendo uma aventura com riscos inerentes. Elas estão dispostas a se arriscar em busca de algo a mais. Por outro lado, as empresas que sabem trabalhar essa energia renovadora são imensamente beneficiadas por garantir a permanência desses talentos.

Rua Joel Jorge de Melo, 608
Fone (11) 5584-8489 | CEP 04128-081 | São Paulo - SP | Desenvolvido por: Tbr Web