Página Inicial     
Fale Conosco     
Quem Somos     

Dieta balanceada | Mesa diversificada garante o bom desempenho do organismo

A boa alimentação, que resulta em um balanço energético e nutricional equilibrado, conta muito no desempenho profissional. No entanto, a agitação do dia a dia e a falta de tempo têm levado a alternativas gastronômicas preocupantes, que podem ocasionar a obesidade e o mau funcionamento do organismo.

Fast foods, carregados de carboidratos e proteínas, acompanhados de refrigerantes, como substitutos do almoço, somados às guloseimas no meio do expediente, são vistos pelos especialistas como um risco à saúde. Comer pouco baixa a resistência e torna o organismo suscetível a processos infecciosos. Se a refeição é muito pesada, além de engordar, pode comprometer a energia e dar sono.

O professor de nefrologia da Escola Paulista de Medicina e autor do livro “Sabor & Vida: Alimentação para a Prevenção do Câncer”, Nestor Schor, diz que é importante para o desempenho do organismo ter uma dieta diversificada e praticar exercícios frequentemente.

No café da manhã, segundo ele, é recomendável o consumo de sucos com vários sabores e sem açúcar. Nesse horário, o organismo precisa consumir calorias e alimentos com cálcio, como leite e derivados. O amido também deve marcar presença no pão, de preferência de centeio. As frutas favorecem o movimento intestinal, principalmente mamão e laranja (com o bagaço).

O almoço, diz Schor, é uma refeição que não deve ser substituída. Os pratos variam muito de acordo com a cultura de cada região. No Brasil, a base arroz, feijão, ovo e bife de carne, acompanhado de folhas verdes, tem um balanço nutricional excelente, tanto calórico quando proteico. Um lanche rápido, segundo ele, tem mais calorias e menos nutrientes.

O especialista indica a ingestão de peixe pelo menos cinco vezes por semana, por ser um alimento rico em HDL, o colesterol bom, e aves. As carnes vermelhas devem ser ingeridas duas ou três vezes por semana e o ovo no mínimo duas vezes.

O jantar deve ser uma refeição semelhante ao almoço. O ideal é comer pouco várias vezes ao dia, não só no jantar. Essa história de tomar café como um rei, almoçar como um príncipe e jantar como um mendigo não é visto com bons olhos, por não ser harmonioso ao organismo. Um bom sono completa a dieta.

Durante o trabalho, os alimentos de digestão fácil dão mais disposição. Um ótimo exemplo são aqueles alimentos que contém amido, como pão, massa e açúcar. Os alimentos de digestão mais difícil podem causar indisposição e comprometer a produção. É o caso da carne, principalmente a vermelha, e os alimentos muito gordurosos. O petisco mais indicado para beliscar durante a tarde é o aperitivo ecológico, alimentos coloridos, de baixa caloria.

Rua Joel Jorge de Melo, 608
Fone (11) 5584-8489 | CEP 04128-081 | São Paulo - SP | Desenvolvido por: Tbr Web