Página Inicial     
Fale Conosco     
Quem Somos     

Homeostasia | Equilíbrio entre a vida profissional e a familiar

Pesquisas indicam que é elevado o índice de pessoas com dificuldade para harmonizar vida familiar e vida profissional. A falta de equilíbrio entre os dois lados da mesma moeda tem alimentado a fonte de angústia e infelicidade coletiva. Questionadas sobre como anda o trabalho, as respostas surgem sempre em forma de problemas do tipo: “estou sobrecarregada; correndo, como sempre; a pressão está grande; minha agenda está um caos; há muita incerteza sobre o futuro da empresa”. A reação soa como se emocionalmente estivessem sempre no limiar de uma ruptura.

A constatação é que as pessoas separam realização pessoal da realização profissional, como se uma estivesse ligada à segurança financeira e material a partir do empenho árido, sem envolvimento emocional, sem paixão, sem arte. E a outra, à satisfação, ao sentido da vida, ao prazer. Mas como uma parte não se sustenta sem a outra, a relação entre ambas é sempre dolorida e, por que não?, estressante. Somente uma mudança de visão de mundo permitirá que o profissional se sinta realizado no trabalho e em casa, sem extremos que não se atraem, sem conflitos entre as partes.

Essa relação harmoniosa pode ser alcançada com a ajuda da empresa, que deve ter como missão fortalecer seu capital humano, para que o profissional se sinta integrado ao negócio e possa dar o melhor de si. A postura de colaborador motivado gera sinergia e vantagem competitiva em um mercado desafiador. As arestas de estranhamento entre a vida familiar e do trabalho são superadas com diálogo e valorização.

Por esse caminho, as empresas deixam de ser mera fonte de renda para ser também uma fonte de prazer e realização. Isso requer planejamento! Porque é fundamental saber o momento em que aquela hora é só sua, com a família e seus amigos. Mas trabalho e vida pessoal devem ser encarados como uma relação: cada parte precisa ceder um pouco. Ter uma jornada de 16, 17 horas com certeza é desgastante; dificilmente sobrará tempo para o convívio com outras pessoas e ainda prejudica o rendimento no trabalho.

Dicas de sobrevivência

Planeje seu trabalho para evitar desgastes.

Dê o exemplo aos colegas indo embora no horário.

Não fique no trabalho apenas para mostrar que está lá.

Aprenda a dizer “não”.

Preserve seu tempo pessoal e não se esqueça de planejar atividades divertidas e relaxantes com seus amigos e familiares.

Agende essas atividades como se fossem compromissos de trabalho.

Não se esqueça de reservar um tempo toda semana para refletir sobre a vida, longe do trabalho.

Rua Joel Jorge de Melo, 608
Fone (11) 5584-8489 | CEP 04128-081 | São Paulo - SP | Desenvolvido por: Tbr Web